• Home
  • Blog
  • Conheça as 4 melhores tecnologias para o setor de jóias
Conheça as 4 melhores tecnologias para o setor de jóias

Conheça as 4 melhores tecnologias para o setor de jóias

A tecnologia, de longe, desponta como uma das maiores aliadas das empresas quando o assunto é a melhoria da qualidade dos serviços e produtos ofertados. Em se tratando de joalherias, a realidade é exatamente a mesma.

Atualmente, com o surgimento de novas técnicas, soluções e equipamentos, o mercado de design e manufatura de joias tem sido muito beneficiado. O uso desses recursos, por exemplo, aprimora o desenho e manipulação de objetos extremamente pequenos com uma precisão cirúrgica. Mas isso não é tudo!

Sabemos que a beleza de uma joia está na riqueza dos seus detalhes. Por isso, no post de hoje, vamos mostrar 4 tecnologias para o setor de joias que podem fazer toda a diferença para o seu negócio conquistar clientes e vender mais. Acompanhe!

1. Prototipagem

Esse é um conceito inovador que busca aperfeiçoar o processo de produção no mercado de joias.

A prototipagem, tal como o nome sugere, consiste na produção de modelos e protótipos de objetos a partir da sobreposição de camadas.

Semelhante ao que ocorre em impressões 3D, a estrutura de joias, por exemplo, é obtida por meio de modelos geométricos previamente desenhados em softwares CAD.

Sendo assim, esse é um processo que dá total liberdade de criação ao design, pois é capaz de trabalhar detalhes precisos nas peças, além de recriar protótipos e moldes com geometrias altamente complexas.

A vantagem disso é, sem dúvida, a criação de peças totalmente únicas e inovadoras.

2. Corte a laser

Essa é uma moderna técnica que alia precisão e agilidade no processo de cortagem de peças. Nela, os designers são encarregados de elaborar o esboço da joia de acordo com a necessidade e criatividade.

Tendo sido finalizada a parte de criação, o modelo final é enviado em forma de representação gráfica para um software específico, integrado ao equipamento que realiza o corte.

Com a representação inserida no software, a máquina, de maneira extremamente precisa, conduz o feixe de luz (laser) sobre o material, obedecendo o desenho fielmente.

O diferencial dessa tecnologia é que não são necessários moldes e fundições, o que contribui para peças inteiriças e mais bem-acabadas.

3. Solda a laser

Bastante semelhante ao funcionamento do método anterior, a solda a laser é, sem dúvida, uma das melhores tecnologias para o setor de joias.

O grande benefício da técnica é a sua extrema precisão e mínimo impacto sobre a peça. Por ter a energia do laser altamente concentrada, o processo de soldagem afeta uma área mínima do objeto, sendo altamente recomendada para soldas em joias com pedrarias, acrílicos e outros materiais que não podem ser expostos ao calor.

4. Impressoras 3D

Essa é uma tecnologia em ascensão nos últimos anos. Ela tem sido utilizada em diversos mercados para a formulação de projetos reais de peças em tamanho e características extremamente fiéis às reais.

No mercado de joias, as impressoras 3D têm tido a sua aplicação aprimorada, deixando de se destacar apenas na fase de formulação e design dos objetos, na qual eram empregadas para criar protótipos em 3D, para dar lugar a novas tendências.

Hoje, em razão dos avanços dessa tecnologia, as impressoras estão mais precisas e detalhistas, sendo capazes de reproduzir peças utilizáveis, sem perder o requinte e delicadeza típicas de joias de alto padrão.

Estes são alguns exemplos de tecnologias para o setor de joias que tem um grande potencial otimizador para a sua joalheria. Investir nesse tipo de inovação pode elevar bastante a qualidade e riqueza de detalhes das suas peças, além de permitir realizar reparos mais precisos, ágeis e seguros.

Gostou do post? Quer se informar mais sobre este e outros assuntos relacionados? Então siga a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?