• Home
  • Blog
  • Como funciona o processo de fabricação de joias?
Como funciona o processo de fabricação de joias?

Como funciona o processo de fabricação de joias?

Muitas pessoas têm curiosidade sobre o processo de fabricação de joias. É incrível pensar como um metal nobre ou pedra preciosa, em suas formas brutas, podem se transformar em uma peça tão delicada.

Mas, para conseguir esse resultado, são necessários alguns passos primordiais. Você sabe quais são eles?

Neste post, vamos entender um pouco mais sobre como funciona a fabricação de joias. Acompanhe!

A qualidade na fabricação de joias

Se você tem ou está pensando em abrir uma joalheria, a primeira etapa é justamente escolher (muito bem) os fabricantes e fornecedores de suas joias. É com eles que tudo começa.

Ao avaliar as opções disponíveis no mercado, considere a relação custo-benefício como prioridade. Ou seja, nem sempre aqueles que têm o preço mais baixo devem estar no topo da sua lista. Verifique também questões como forma de pagamento, prazo de entrega, garantia, suporte pós-venda e faça uma lista, elencando o que você considera mais importante.

E para escolher os fornecedores ideais, é importante conhecer o processo de produção de seus produtos. As técnicas utilizadas variam de acordo com tipo de joia (artesanais ou produzidas em escala para venda). Falamos sobre as principais técnicas abaixo.

Joias artesanais

Laminação

Processo utilizado para a transformação do material (ouro, prata, latão, etc.) em chapas, a fim de adquirir a espessura e a forma ideais para a fabricação das joias.

Recozimento

Nessa etapa, o metal é aquecido até ficar incandescente para, em seguida, ser resfriado e retrabalhado.

Fundição

Após um criador de modelos elaborar uma peça, esta servirá de padrão para a criação de moldes de cera. Tais moldes receberão camadas de gesso e serão levados ao forno.

Com o gesso endurecido, é preciso fazer um furo para que a cera derreta e escorra. Em seguida os moldes serão preenchidos com o metal líquido, para que adquiram a forma desejada.

Trata-se do processo de fabricação inicial, já que as peças aqui obtidas terão formatos praticamente definitivos. Quando a fundição é bem-feita, muitas vezes são dispensadas algumas etapas de acabamento.

Fundição de precisão (de cera perdida)

Esse é o tipo de fundição em que os moldes de cera são perdidos, já que derretem quando vão ao forno. É uma técnica milenar, que tem como principal vantagem a possibilidade de produzir com precisão joias ricas em detalhes.

A desvantagem fica por conta do custo, que é mais alto se comparado a outros processos de fundição, como a fundição por areia, na qual há reaproveitamento dos moldes.

Soldagem

Processo de união de duas partes de uma joia. É feito com o derretimento de uma minúscula chapa de metal, que se torna líquida e, assim, capaz de juntar as peças.

Lixamento

Com as lixas são removidas as imperfeições das peças, tornando o seu acabamento ainda melhor.

Polimento

Com um pano ou escova sintética, que gira em alta velocidade, é feito um leve desgaste na peça, a fim de retirar possíveis riscos provenientes do lixamento ou, mesmo, deformidades por conta da soldagem.

Mas, é importante lembrar que joias em ouro não devem ser polidas, ou perderão suas características.

Joias em escala para venda

Para a fabricação de joias que serão vendidas em grande escala, alguns processos mudam ou são acrescentados. São eles:

Rebarbação

Essa técnica é feita logo após a fundição e se parece muito com o lixamento. A diferença é que a rebarbação é feita com o objetivo de retirar os canais de alimentação do metal líquido, que muitas vezes acabam permanecendo após a fundição.

Banhagem

Esse processo é comumente aplicado em peças de latão ou cobre, para que, após o banho, fiquem parecidas com ouro.

Soldagem

O processo de soldagem das peças para venda em grande escala é similar ao realizado nas joias artesanais. Vale apenas lembrar que essa técnica deve ser feita antes da banhagem, ou a solda comprometerá a aparência final.

Esperamos que a leitura deste artigo tenha aprimorado seu entendimento sobre a fabricação de joias. Para acompanhar e ter acesso a mais conteúdos como esse, não se esqueça de curtir a página da Bautz no Facebook. Até a próxima!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?