• Home
  • Blog
  • Como o neuromarketing pode ser aplicado na sua joalheria?
Como o neuromarketing pode ser aplicado na sua joalheria?

Como o neuromarketing pode ser aplicado na sua joalheria?

Já imaginou saber quais estímulos levam o seu potencial cliente a comprar suas joias? Pois o neuromarketing é um método de estudo que tem como foco o entendimento das respostas inconscientes do consumidor.

Por exemplo, ao fazer uma pesquisa de mercado, você consegue saber as razões que levam uma pessoa a adquirir um determinado produto, certo? Contudo, não dá para dizer o motivo de ela ter sido atraída instintivamente por certas cores, sons ou formas. É justamente aí que entra em cena esse recente campo de investigação.

Ficou curioso? Acompanhe este post e veja como o neuromarketing pode ser aplicado na sua joalheria.

O que é neuromarketing?

Também conhecido como marketing científico, o neuromarketing é a união do marketing com a ciência, a fim de compreender o consumidor a fundo. Tais estudos tiveram início em universidades estrangeiras, que utilizam exames, como ressonância magnética, eletrocardiograma, eye-tracking e pupilometria, para identificar as reações inconscientes do corpo e o comportamento do cérebro em uma experiência de compra.

Eles partem da teoria de que o cérebro é dividido em três partes: o racional, o emocional e o primitivo. A intenção é desvendar a terceira parte — a dos estímulos inconscientes.

Por exemplo, se você pensa em trocar o seu almoço por um hambúrguer de um fast food, seu lado racional pode dizer para não fazer isso. Já o emocional pode lembrá-lo do quão saboroso o sanduíche é. E o impulso inconsciente pode se sobrepor aos dois e fazer com que você coma e ainda repita.

Quais são as suas áreas de atuação?

Branding

O branding, ou gestão de marca, representa as ações estratégicas para construir uma percepção positiva do consumidor em relação ao seu produto/serviço. O objetivo é torná-lo mais conhecido e mais desejado.

O conhecimento das associações que o cérebro faz a determinadas cores e formas pode ser muito útil na criação de um logo, por exemplo.

Design de produto e joia

Quando somos apresentados a uma nova embalagem, temos uma reação automática a ela. Essa resposta inconsciente, que é estudada pelo neuromarketing, traz informações valiosas sobre a verdadeira aceitação ou não dessa novidade.

Publicidade

Hoje em dia, a tendência é que os anúncios sejam menos diretos, estimulando inconscientemente a sua vontade de realizar uma ação. Existem elementos mais efetivos para isso, que são pesquisados por quem trabalha nessa área.

Tomada de decisão

Você sabia que o momento da decisão de compra é influenciado pelo ambiente da loja? Apesar de ser um processo pouco lógico e linear, ele precisa ser estudado para facilitar a concretização da venda.

Experiência on-line

O neuromarketing também pode ser útil para compreender a experiência do cliente na web, afinal, ele mede as reações do público independentemente do meio.

E como ele pode ajudar uma joalheria?

Embora o custo de um produto seja importante na definição do seu preço, outros fatores também devem ser considerados por quem vende joias. Afinal, a percepção de valor pelo cliente está relacionada à exclusividade do design das peças, ao status da marca e, claro, à efetividade do conjunto de estratégias de marketing.

Por isso, contar com pesquisas de neuromarketing para entender como o seu público reage inconscientemente à sua marca, à loja, ao design do produto e à campanha publicitária é de grande utilidade para o aumento das vendas e a otimização dos processos da sua joalheria.

Gostou deste post sobre como o neuromarketing pode ser aplicado na sua joalheria? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais e espalhe conhecimento!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?