• Home
  • Blog
  • Qual o mostruário para joias ideal para sua loja?
Qual o mostruário para joias ideal para sua loja?

Qual o mostruário para joias ideal para sua loja?

Vender joias é mais do que comercializar um acessório. É oferecer ao seu cliente um produto com o valor agregado da sofisticação e elegância. Os consumidores de joias as veem também como uma forma de investimento — e há quem faça coleção dessas brilhantes peças.

Por isso, na hora de preparar o seu espaço para exposição e venda, é preciso estar atento ao estilo de mostruário para joias que vai utilizar. Os expositores certos têm a capacidade de valorizar ainda mais os acessórios, como os de veludo ou vidro, por exemplo.

Vamos listar agora algumas orientações de como expor e organizar as suas peças para destacá-las e aumentar as vendas. Fique atento: estas dicas são (quase) tão valiosas quanto as suas joias.

Fique atento ao número de peças

Imagine uma pessoa coberta de joias: colares, brincos, anéis e pulseiras, tudo ao mesmo tempo. Você não sabe nem para onde olhar, e as peças se transformam em uma verdadeira bagunça, perdendo o valor, não é verdade?

O mesmo acontece na exposição das joias em uma vitrine. Se as peças estiverem tumultuadas, muito próximas umas das outras e em grande quantidade, o seu cliente não vai conseguir manter o foco em nenhuma.

Escolha poucas peças por espaço e organize por categorias: anéis de um lado, pulseiras de outro; ouro branco separado do rosé. Ou, ainda, divida por temas! No Dia das Mães, por exemplo, organize um espaço com belas peças que podem ser interessantes para o filho em busca de um presente.

Seja discreto com o preço

Joias são caras e não há como ser diferente. Alguns dos seus clientes certamente não vão se importar com o fator preço, mas existem aqueles consumidores que mesmo sem muito poder aquisitivo querem presentear em uma data especial ou comprar as suas alianças.

O melhor é estar preparado para o público que você quer atingir e identificar a peça apenas com uma etiqueta com o seu número de referência. Se for obrigatória a indicação dos valores na vitrine, faça isso de forma discreta e de acordo com seu consumidor-alvo.

Aquele rapaz prestes a se casar, por exemplo, pode preferir ver um preço como 10x de R$ 200,00 do que R$ 2.000,00.

Venda pela internet

Sim, o seu mostruário também pode ser digital! Hoje em dia, com o avanço da internet e das redes sociais, é possível inovar e utilizar a tecnologia para fechar bons negócios, inclusive no mercado de joias.

Você pode expor as suas peças com fotos que valorizem os detalhes acompanhadas de especificações claras, conversando diretamente com o seu consumidor e fechando a compra com segurança para os dois lados.

Comece escolhendo a plataforma onde vai abrir a sua loja virtual, conheça e cumpra a lei do e-commerce vigente no Brasil, capriche no marketing digital e nos quesitos que vão inspirar confiança no seu cliente, como a existência de uma loja física, telefone para contato e até mesmo o seu nome e foto.

As joias estão em uma categoria de produtos de luxo e, para ter sucesso nesse segmento, é preciso ter boa gestão, organização e um mostruário para joias adequado.

Esperamos que as nossas dicas tenham ajudado você a expor melhor as suas peças e que o seu negócio tenha lucros crescentes! E para que os seus amigos empresários também tenham acesso a este conteúdo, compartilhe o artigo nas suas redes sociais!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?