• Home
  • Blog
  • Descubra como as famosas joias de ouro branco são feitas
Descubra como as famosas joias de ouro branco são feitas

Descubra como as famosas joias de ouro branco são feitas

Joias de ouro branco são sinônimos de elegância e sofisticação. Sua cor levemente prateada deixa qualquer peça única. Mas engana-se quem pensa que o metal é encontrado na natureza, como acontece com a sua versão de cor amarela. Na verdade, ele é uma liga metálica criada em laboratório a partir de várias misturas.

Para saber mais sobre como essas peças são criadas e ter a certeza de que está levando uma verdadeira, continue a leitura deste post:

Como são fabricadas as joias de ouro branco?

Primeiramente, vamos entender um pouco mais sobre o ouro amarelo, matéria-prima para a variação branca. Por ser muito maleável, sua versão pura é inviável para o trabalho de um joalheiro e precisa sofrer misturas com outros metais. Portanto, o ouro 18K na verdade é formado por 75% de ouro + 25% de outros metais (cobre, paládio ou níquel, por exemplo).

Já para formar o ouro branco, utilizam-se 75% de ouro 18K + 25% de metais bancos (prata, paládio, níquel ou ródio). Embora o níquel seja mais barato e, consequentemente, custe menos para o consumidor final, pode causar dermatites. Portanto, evite peças com essa composição ou avise ao cliente antes da compra.

Como você notou, a quantidade de ouro 18K é bem maior que a de outros metais. Portanto, depois de fabricada, a joia continua com uma cor amarelada. É aí que entra o banho de ródio.

O que é banho de ródio?

É um processo para dar a cor prateada na joia de ouro branco. O ródio é um metal nobre da família da platina, que confere muito brilho e resistência à peça por ele revestida. O ideal é adquirir uma peça que já venha com essa camada.

No entanto, o banho de ródio sai com o tempo e o acessório volta a ser amarelado. Um anel ou aliança, por exemplo, começa a perder o acabamento entre seis meses e dois anos. No entanto, há joias que sofrem menos atrito e podem ficar com o mesmo banho por até 10 anos.

Como saber que a joia de ouro branco é verdadeira?

Para não levar peças falsificadas, é preciso conferi-las. Veja nossas dicas:

Observe gravura e acabamento

Peças de ouro costumam vir com grafias do tipo 14K, 18K ou 750 (o mesmo que 18K). Uma peça com concentração abaixo de 10K não é considerada ouro. Portanto, analise o interior do acessório.

Além disso, acessórios de ouro costumam ter um bom acabamento, sem bordas que possam machucar o corpo durante o uso.

Coloque-a em um recipiente com água

O ouro é um metal pesado, de modo que a peça deve afundar quando colocada em um copo com água.

Aproxime a peça de um ímã

O ouro é um metal não magnético, ou seja, não é atraído pelo ímã. Se houver alguma movimentação, a peça é falsificada.

Esfregue-a em um local áspero

Embora não seja muito recomendado passar a joia em locais ásperos, o banho de ródio protege a sua peça, deixando-a muito mais resistente. Se o acessório apresentar alguma marca preta, então ele é falsificado. Se preferir, faça o teste em um prato de cerâmica ou um azulejo de porcelana, ambos não vidrados.

Lave com vinagre

Uma peça falsificada vai desbotar quando entrar em contato com o líquido.

Elegantes, resistentes e com um brilho incrível, as joias de ouro branco são acessórios que trazem muito mais elegância ao visual. Uma boa coleção contém anéis, pulseiras, relógios e outros modelos com o metal, que possam variar entre o design clássico e o contemporâneo. Para mantê-las sempre lindas e bem cuidadas, recomende a seus clientes deixá-las longe de produtos de limpeza, do sol e do calor.

Para garantir que as joias de ouro branco da sua loja são de qualidade e têm um design único, é importante procurar por uma fabricante com credibilidade. Confira os produtos da Bautz e adquira as melhores peças!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?