• Home
  • Blog
  • Investimento em joias vale a pena? Saiba mais
Investimento em joias vale a pena? Saiba mais

Investimento em joias vale a pena? Saiba mais

Imagine investir em um dos artigos mais valiosos e tradicionais do mundo. Pois assim é o investimento em joias. Adquirir peças que atravessam gerações e atraem olhares de pessoas de todas as idades é optar por um negócio lucrativo e de público amplo.

Outra característica importante é a sua tendência à valorização e alta liquidez. Ao contrário de outros bens — como um carro, que perde rapidamente o valor conforme o uso, ou um imóvel, que tem um processo de negociação mais burocrático — as joias continuam valiosas por anos a fio, e sempre têm diversos interessados assim que são colocadas à venda.

Mas os pontos positivos não param por aí! Mesmo em meio à crise financeira, os números mostram que o setor de joalheria no Brasil continua crescendo.

Ainda não está convencido(a) de que o investimento em joias é o negócio certo para o seu perfil? Então, continue lendo e confira 3 estratégias infalíveis que lhe darão ainda mais coragem de se aventurar no ramo da joalheria!

Faça uma pesquisa de mercado

Antes de abrir qualquer negócio, é importante reunir uma série de informações para que o primeiro passo seja mais seguro. Por isso, a sugestão é que você se inicie no ramo da joalheria fazendo um levantamento completo.

Apure todos os custos envolvidos na operação até chegar ao valor necessário para começar e sustentar o negócio por um período, enquanto ainda não houver lucro. Inclua nessa conta as despesas com aluguel de espaço, pagamento de funcionários,  matéria-prima e ações de marketing e comunicação.

Complete a pesquisa definindo o seu público-alvo, principais fornecedores, melhores locais para o ponto de venda, além de concorrentes diretos e indiretos. Aproveite também para se inspirar nas principais tendências ditadas pelas marcas clássicas e as grandes capitais do mundo da moda.

Conheça o seu cliente

As joias são produtos de alto valor agregado. Ainda assim, há um público amplo de clientes em potencial. Cabe ao empresário, então, delimitar com qual faixa etária e classe social deseja conversar para direcionar as suas estratégias de venda.

Realize uma análise completa do estilo de vida desses consumidores. Entenda o que lhes atrai quando se trata de joias, por que consomem determinada marca em vez de outra, suas preferências, entre outros aspectos de sua personalidade.

Quanto mais completo for esse levantamento, maiores serão as chances de uma comunicação efetiva. Se julgar necessário, encomende uma pesquisa de campo.

Invista em marketing

Você já deve conhecer a importância do marketing para o sucesso de qualquer negócio, certo? Ao investir em joias não é diferente.

A captação de clientes para uma joalheria é resultado de um conjunto de esforços de marketing e comunicação muito bem direcionados. O motivo? Muitas pessoas dispostas a comprar joias podem se sentir acanhadas de entrar em uma loja por acreditarem não ter recursos suficientes para a compra.

Nessa etapa, o marketing — por de suas inúmeras ferramentas e ações — consegue construir um relacionamento positivo entre a marca e o cliente, tornando-a mais próxima e acessível a ele.

Enfim, todas as decisões de marketing devem ser conduzidas de acordo com as metas da empresa a curto, médio e longo prazo. Por isso, mais importante do que pensar em como você vai chegar lá é refletir sobre os seus verdadeiros objetivos.

Seguindo essas dicas, ao longo do caminho as melhores soluções surgirão.

Então, gostou do post? Ainda não está certo(a) de que o investimento em joias pode ser promissor? Aproveite para conferir o crescimento do mercado de luxo e saiba mais sobre o assunto!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?