• Home
  • Blog
  • Conheça as 5 principais dicas de segurança para a sua joalheria
Conheça as 5 principais dicas de segurança para a sua joalheria

Conheça as 5 principais dicas de segurança para a sua joalheria

As joalherias trabalham com produtos com alto valor agregado, o que faz com que elas sejam alvo de ações de criminosos. Para evitar que aconteçam roubos e, até mesmo, problemas maiores, é fundamental que o empresário conheça dicas de segurança.

Algumas medidas simples ajudam a diminuir consideravelmente a insegurança na joalheria, independentemente do local onde ela está instalada. Confira a seguir 5 dicas que o ajudarão a manter tanto o seu estabelecimento comercial quanto os seus clientes seguros!

1. Faça monitoramento em tempo real

Para fazer o monitoramento em tempo real é importante contar com câmeras em locais estratégicos da loja. Instale em um escritório o restante do equipamento e de vez em quando verifique como está a movimentação da loja.

A visualização das imagens deve estar disponível tanto para os donos, quanto para os gestores e também empresa de segurança. Assim, fica mais fácil identificar alguma não conformidade.

2. Conte com um alarme de pânico

O alarme de pânico é uma ferramenta que serve como auxílio em situações inesperadas. Ele é uma espécie de botão emergencial que pode ser acionado pelos seus funcionários, se eles detectarem movimentações estranhas e situações de perigo, solicitando ajuda imediata.

Por exemplo, quando alguém acioná-lo ele poderá ligar automaticamente para a delegacia mais próxima ou mesmo para a segurança, se a sua joalheria estiver localizada em um shopping center. Logo, ele precisa estar um local acessível, como debaixo das bancas de atendimento.

3. Aposte em equipamentos de segurança de ponta

Para que as dicas anteriores funcionem é preciso contar com equipamentos de segurança de ponta. Isso significa fazer um investimento maior, visto que as joias precisam ser protegidas, bem como os seus funcionários e clientes.

Por esse motivo, conte com câmeras que identifiquem movimentações até mesmo no escuro, sistemas de alarme e proteção de joias mais caras, sistemas integrados que identifiquem a abertura de caixa de joias, iluminação especial em pontos de entrada e saída, vitrine blindada, entre outros. Com esse controle maior, a segurança aumenta consideravelmente.

4. Acompanhe a abertura e o fechamento da loja

A estrutura de segurança da loja deve ter um sistema que identifique a abertura e fechamento do estabelecimento. Assim, você pode acompanhar e controlar o acesso de funcionários.

Adote um sistema que permita o controle por meio de dispositivos móveis. Isso o ajudará, por exemplo, quando você não puder estar na joalheria fisicamente nesses momentos do dia.

5. Invista em treinamento de funcionários

Não adianta ter uma superestrutura de segurança, se os funcionários não sabem como manuseá-la. Afinal, são eles que têm o contato direto com as joias e ficam a maior parte do tempo na loja.

Por isso, é importante promover treinamentos para que eles adotem as medidas de segurança da maneira correta e sempre ajam de maneira estratégica. Isso quer dizer saber identificar situações de risco e saber lidar com elas.

A segurança em uma joalheria é um dos primeiros pontos a serem observados. Como produtos caros são manuseados continuamente, é preciso encontrar uma maneira de protegê-los, bem como as pessoas que estão em contato com eles.

E então, o que achou das nossas dicas de segurança? Gostaria de acrescentar algum aspecto importante que você aplica em sua joalheria? Deixe o seu comentário!

  • Catalogo
    e-book GRÁTIS
    Por que confiar a Bautz a produção das suas Jóias?